Drogas? Não!


Nos dias de hoje, o adolescente recebe um bombardeio de informações através dos meios de comunicação, que o deixam inteirado de tudo o que se passa ao seu redor.

Ao se falar em droga, certamente vamos despertar sua curiosidade, que deve ser utilizada para a formação de conceitos sadios e exatos sobre as drogas e as desvantagens de seu uso.

Pais e professores, devem, através de orientação segura e sem nenhum alarme, criar a condição necessária para que o adolescente se torne refratário aos assédios de maus amigos e traficantes.

É na adolescência, ou pré-adolescência, que se deve dar maior destaque a um programa de caráter educativo preventivo.
Devemos observar que os traficantes sabedores que nesta fase consegue-se o viciado certo de amanhã. Nos dias de hoje, estão levando para o mundo das drogas meninos e meninas a partir de 9 anos, portanto, o quanto antes iniciarmos nossa conscientização, não estaremos cometendo exagero algum.

Muitos são os fatores que podem conduzir uma pessoa ao caminho das drogas, entre os quais se destacam:

A escassez de informações corretas sobre os efeitos nocivos das drogas ou sua ação no organismo. Busca de sensação, de euforia e de novas experiências, motivada principalmente pela curiosidade.

Os jovens são o grupo mais próximo das drogas, talvez para aliviar sentimentos tão comuns nessa fase, como: descontentamento, fuga e negação da realidade. Buscam novas experiências constantemente e se aventuram num mundo que na maioria das vezes não tem volta.

Paralelo ao aumento da violência que assola, principalmente, os grandes centros urbanos, o tráfico de entorpecentes movimenta bilhões e bilhões de dólares pelo mundo anualmente, um comércio considerado um dos mais lucrativos e, com certeza, um dos mais perigosos e violentos, que motivou uma espécie de "indústria do terror".

PARE E PENSE: Quando uma pessoa compra drogas ela está ao mesmo tempo movimentado uma cadeia de ações destrutivas, como a violência, por exemplo. É como dizer que este indivíduo está apontando uma arma para a sociedade e, consequentemente, para sua própria cabeça.

Acesse
DROGAS? NÃO!
Pare e Pense - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Imagem

Pare e Pense

Imagem

Doe Vida